Dermatologia Clínica

Melanose Solar

As melanoses solares são manchas escuras, de coloração entre castanho a marrom, geralmente são pequenas, mas podem medir alguns centímetros de tamanho. Elas surgem apenas nas áreas que ficam muito expostas ao sol, como a face, o dorso das mãos e dos braços, o colo e os ombros. São mais frequentes em pessoas que possuem a pele clara. O ideal é a prevenção do surgimento das manchas, que deverá ser feita através do uso de proteção solar nas áreas continuamente expostas ao sol, onde as manchas se manifestam. Não é apenas o sol da praia ou piscina, mas também o sol do dia a dia, que gradualmente vai danificando as células que, no futuro, vão sofrer alterações e dar origem às manchas.
Há várias formas de tratamento, como a cauterização química, a criocirurgia, a dermoabrasão, os peelings químicos, o laser de herbium e de CO2 fracionado e o uso da luz intensa pulsada. Os resultados costumam ser bons, desde que a técnica seja empregada de forma adequada. O profissional treinado para fazer estes tratamentos na pele é o médico dermatologista.