Dermatologia Estética

Estrias

A estria se forma quando a pele é excessivamente estirada, ultrapassando sua capacidade de distensão. Ela se rompe e suas bordas, ao cicatrizarem, formam uma linha deprimida na superfície da pele. Várias são as causas de seu aparecimento: crescimento na puberdade, aumento de peso, gravidez ou o uso crônico de medicamentos a base de corticóides, tanto tópico como via oral. As Estrias avermelhadas são as mais recentes tendo essa coloração devido ao rompimento sanguíneo.

Os tratamentos iniciados nessa fase têm melhores resultado, pois as células continuam vivas e com maior capacidade regenerativa. Já as estrias brancas são consideradas as mais antigas. Essasestrias são de cor branca-acinzentada, pois a melanina (substância que dá coloração à pele) não é mais produzida onde as fibras se rompem.

Também apresentam uma diminuição acentuada da espessura da pele, formando uma depressão, tipo uma cicatriz. Os tratamentos iniciados nessa fase conseguem apenas estreitá-las. Os tratamentos vão desde peelings químicos, microdermoabrasão, como a mesoterapia, o laser de herbium e de CO2 fracionado. A escolha do método cabe ao dermatologista de acordo com cada paciente. A prevenção ainda é a melhor forma de tratamento, através da hidratação e nutrição da pele ao máximo para garantir sua elasticidade e impedir a ruptura de suas camadas internas.